Descrição Histórica

brasaocabecao.jpg

Cabeção, freguesia do Concelho de Mora, tem 1037 habitantes (censos de 2011) e 47,44km2 de área. Foi vila e sede de concelho entre 1395 e 1836. Foi fundada, ao que parece, pelos cavaleiros da Ordem Militar de São Bento de Avis em data incerta.

Achados feitos, como por exemplo fragmentos de telhas, ânforas e moedas, são indicadores da presença de romanos em Cabeção. Consta que a atual vila de Cabeção teve a sua origem numa quinta fundada pela Ordem de Avis, conhecida por “Quinta de São Salvador” ou do “Salvador do Mundo”, situada onde se ergue agora o Bairro João Lopes Aleixo.

Cabeção apenas teve a dignidade de vila no ano de 1578, recebendo foral por D. Sebastião nessa data. Foi assim concedido ao povo o direito de gozar livremente do pinhal, podendo servir-se das terras e colher as pinhas.

De relevar que parte do território desta freguesia está integrada no “Sítio Cabeção” da Rede Natura 2000, como área proposta para fazer parte da Rede Ecológica Europeia. A escolha desta área prende-se com o facto de possuir caraterísticas naturais representativas da biodiversidade do território português, como tal importantes para a conservação da natureza.

Cabeção é, nos dias que correm, internacionalmente reconhecida pela sua Pista de Pesca Desportiva, situada nas margens da Ribeira Raia, e também pelo seu vinho produzido artesanalmente, em pequenas adegas e nas tradicionais talhas de barro.

 

​Datas Festivas​
Feira Anual de Cabeção
Parque de Feiras de Cabeção - 3º fim de semana de Setembro
​Prova do Vinho Novo de Cabeção
2º Fim de semana de Dezembro