Igreja Matriz (Igreja de São Paulo)

Com construção do século XVI a Igreja de São Paulo foi edificada dentro do antigo amuramento que protegeu o paço fortificado dos Condes do Redondo.

​Veio suceder à primeira igreja de nome Santa Maria, que já tinha existência paroquial no reinado de D. Dinis, em 1320.
O edifício foi construído nos primeiros anos do século XVI, no estilo arcaizante dos templos fortalezas. A igreja oferece a perspetiva de silhueta acastelada, protegida de sete torrelas cilíndricas, sobrepujadas de cones estilizados e coroa de ameias tipo muçulmano, de alvenaria grosseiramente rebocada. A porta travessa meridional é a primitiva, alguns degraus de acesso ao velho campanário exterior resistem ainda, em cujo flanco terminal e embebido na estrutura da torre, subsiste uma torrinha lateral.
Trata-se de um monumento classificado a nível nacional.

Informações Adicionais